Malassada de Sardinha

Sabe aquela cena do filme "Ratatouille" quando o crítico gastronômico prova o prato de ratatouille e é transportado para sua infância e aquela comida é responsável por toda uma gama de boas recordações e bons sentimentos? Pois é, sempre costumo dizer que o ato de comer não é só "matar a fome", há sim uma ritualística, uma experiência sensorial bem mais profunda, mas que muitas vezes não nos damos conta disso. Como a comida mexe com nossas emoções!
Essa receitinha para mim tem sim o poder de uma máquina do tempo onde retorno à minha infância e à cozinha da minha vó. Não sei bem se era assim que ela fazia, mas é assim que recordo:
* MALASSADA DE SARDINHA * 
 INGREDIENTES:
* 3 ovos
* 1/2 xícara de chá de farinha amarela
* 1 lata de sardinha
* Cebola picada a gosto
* Cheiro verde (cebolinha e coentro) picado a gosto
* Sal e pimenta do reino a gosto
* Um fio de óleo para untar
 PREPARO:
* Misture a sardinha com a cebola e o cheiro verde e tempere com sal e pimenta a gosto, reserve * Bata as claras em neve, depois incorpore as gemas * Acrescente a farinha aos poucos e suavemente * Tempere com sal e pimenta a gosto * Unte uma frigideira e coloque a massa batida, deixe firmar, vire e deixe firmar o outo lado, mas não muito, vire novamente e acrescente o recheio de sardinha na metade e dobre a outra ponta sobre o recheio * dê uma apertada com uma colher e espere ficar douradinho * 
É bem gostoso!!!
Para meu marido, essa é uma das melhores comidas do mundo: não é sofisticada, não é feita com ingredientes caros, o sabor é até rústico, mas ela tem uma grande carga emocional em seu contexto e nos faz sempre lembrar de onde viemos e quem realmente somos!

Comentários

  1. Faço suas as minhas palavras, só que recordo da minha amada mãe(já falecida) que fazia quando eu era criança, tem acho a melhor comida do mundo, rsrsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sabores que realmente fazem parte de nós, de quem somos e de quem amamos né! Abraço!!!

      Excluir

Postar um comentário